Início > Uncategorized > “Maria Rita” entre os 50 álbuns mais importantes da década

“Maria Rita” entre os 50 álbuns mais importantes da década

Leia a materia completa na Folha.com Por Marcus Preto, São Paulo

Quais foram os álbuns que fizeram a identidade da música brasileira da década que termina na sexta-feira?

Usando como critério não só a qualidade estética, mas também o sucesso mercadológico e a relevância que tiveram na transformação da indústria musical, editores e repórteres da Folha selecionaram os 50 discos mais representativos do que foi o Brasil nos dez anos passados.

A década começou subvertendo bossa nova em música eletrônica –primeiro pelas mãos do produtor Suba (1961-1999), depois por iniciativas de Fernanda Porto e DJ Marky, entre outros.

A seguir, o samba foi alçado a principal ingrediente na reformulação do pop. O processo partiu da revitalização da Lapa carioca, com Teresa Cristina à frente, chegando ao mainstream em álbuns de Marisa Monte, Maria Rita etc.

()

DISCOTECA BÁSICA DOS ANOS 00

  1. Bebel Gilberto – Tanto Tempo (2000)
  2. Suba – São Paulo Confessions (2000)
  3. Otto – Condom Black (2001)
  4. Ana Carolina – Ana Rita Joana Iracema e Carolina (2001)
  5. Seu Jorge – Samba Esporte Fino (2001)
  6. Ivete Sangalo – Festa (2001)
  7. Los Hermanos – Bloco do Eu Sozinho (2001)
  8. Hamilton de Holanda – Hamilton de Holanda (2001)
  9. Cachorro Grande – Cachorro Grande (2001)
  10. Tribalistas – Tribalistas (2002)
  11. Grupo Revelação – Ao Vivo no Olimpo (2002)
  12. Mart’nália – Pé do Meu Samba (2002)
  13. Instituto – Coleção Nacional (2002)
  14. Max de Castro – Orquestra Klaxon (2002)
  15. Fernanda Porto – Fernanda Porto (2002)
  16. Teresa Cristina – Canta Paulinho da Viola (2002)
  17. Zeca Pagodinho – Deixa a Vida me Levar (2002)
  18. Nando Reis – A Letra A (2003)
  19. Cibelle – Cibelle (2003)
  20. Domenico + 2 – Sincerely Hot (2003)
  21. DonaZica – Composição (2003)
  22. Marcelo D2 – A Procura da Batida Perfeita (2003)
  23. Pitty – Admirável Chip Novo (2003)
  24. Maria Rita – Maria Rita (2003)
  25. Banda Calypso – Ao Vivo em São Paulo (2003)
  26. Mombojó – Nadadenovo (2004)
  27. Cidadão Instigado – O Ciclo da De.Cadência (2004)
  28. DJ Marky & XRS – In Rotation (2004)
  29. Mônica Salmaso – Iaiá (2004)
  30. Romulo Froes – Calado (2004)
  31. Tati Quebra-Barraco – Boladona (2004)
  32. Vanessa da Mata – Essa Boneca Tem Manual (2004)
  33. Céu – Céu (2005)
  34. Roberta Sá – Braseiro (2005)
  35. Caetano Veloso – Cê (2006)
  36. Kassin + 2 – Futurismo (2006)
  37. NXZero – NXZero (2006)
  38. Cansei de Ser Sexy – Cansei de Ser Sexy (2006)
  39. Marisa Monte – Universo ao meu Redor e Infinito Particular (2006)
  40. Orquestra Imperial – Carnaval Só Ano que Vem (2007)
  41. Vanguart – Vanguart (2007)
  42. Fernanda Takai – Onde Brilhem os Olhos Seus (2007)
  43. César Menotti & Fabiano -.com_você (2007)
  44. Tiê – Sweet Jardim (2008)
  45. Cérebro Eletrônico – Pareço Moderno (2008)
  46. Mallu Magalhães – Mallu Magalhães (2008)
  47. Marcelo Camelo – Sou (2008)
  48. Maria Gadú – Maria Gadú (2009)
  49. Marcelo Jeneci – Feito pra Acabar (2010)
  50. Tulipa Ruiz – Efêmera (2010)
Anúncios
  1. Ana Clara Viana
    3 de janeiro de 2011 às 8:07 pm

    Eu amo tanto esse disco. Todos sao perfeitos!! Mas o Maria Rita é o meu xodózinho.. hehe..

    AMOOO!

    E suuper merece a nomeaçao.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: