Depoimento de Artistas

“Ela gravou três músicas em meu disco Pietá, e cada dia que passa, está melhor. Ela é cem!”

Milton Nascimento, que se emocionou ao ver MR interpretando ‘Tristesse’. Fonte: O Globo

“A pessoa em cima do palco reflete a personalidade emocional. Ela tem uma coisa bonita que as cantoras desta geração não têm: uma entrega grande, de alma. Ela tem uma interpretação forte, uma voz muito pra fora. E canta com propriedade de quem sabe o que está dizendo”

Chico Pinheiro, lembrando-se de ter visto MR sair do palco chorando depois de uma canção. Fonte: O Globo

“Ela é produtora, isso é evidente em tudo o que ela faz. Ela co-produz tudo. Eu acho que um CD da Maria Rita é pra qualquer parte do mundo, é tão verdadeiro e tão real, que qualquer pessoa entende… Um cara da Ucrânea vai se identificar, como um cara do Jazz vai se identificar, é um ode a canção e uma put* de uma cantora detonando cada canção dessa. É um disco universal, um disco pra qualquer parte do planeta”

Lenine, no Making Of “Fazendo Segundo”, DVD Segundo ao vivo

“Nunca pedi para que ela fosse cantora. Essa tática na família, de deixar as pessoas à vontade para fazer o que quiserem, tem dado certo”

o pai César Camargo Mariano. Fonte: Jornal da Tarde

” Acho que os intérpretes também têm de ir atrás dos compositores, como a Maria Rita faz”

Rodrigo Maranhão, no lançamento do CD Segundo (2005) de MR. Fonte: Folha.

“Queríamos fugir do óbvio. Podíamos chamar o D2, Detonautas, Capital Inicial, Sepultura, mas já trabalhamos com todos eles. E a Maria Rita não é só uma fã. Ela se identifica com a nossa proposta”.

Falcão, vocalista de O RAPPA, sobre a participação de MR no Acústico MTV da banda.

%d blogueiros gostam disto: