Pouco a pouco foi cativando

“Pouco a pouco ‘foi’ cativando… muito suave, me enfeitiçando”

Cá estou eu, em frente a uma folha de papel em branco, tentando expressar com palavras um pouco da emoção de ser uma fã da Maria Rita. Justo eu, que sempre fui tão amiga dos números e tão inábil com as palavras… Mas vamos tentar…

Sempre fui uma amante das Artes em geral. Na minha concepção, Arte deve envolver sentimento, ou melhor, transferir sentimento e verdade de quem faz para quem recebe/consome. Puxando a sardinha pro meu lado, por exemplo, posso simplesmente fazer um prato de comida e alguém comer satisfazendo apenas uma necessidade vital de alimentação. Porém, posso transferir sentimento por meio da Arte e tornar aquele momento da refeição algo prazeroso, agradável e apreciável, tanto para quem faz, como para quem consome.

Difícil precisar exatamente quando a Arte da Maria Rita passou a ser captada e reconhecida por mim, pois lembro-me de acompanhá-la desde o início da carreira, ainda que distante. Sabia que aquela música me atraia por algum motivo. Comprava seus discos e DVDs, ia em um show aqui, outro ali. Sua musicalidade sempre me chamou a atenção e se fez presente na minha vida. Chegara aos meus ouvidos numa época que boa música me fazia muita falta. E depois de dois inegavelmente excelentes discos, se renova e lança uma obra prima com nome e sobrenome ‘Samba Meu’ que sempre foi NOSSO e chama minha atenção novamente (Como quem dissesse: ‘Ei, psiu, olha eu aqui de novo!’).  Fui a um dos primeiros shows com a nova turnê, do então recente disco, e desacreditei ao vê-la. No palco mostra a excelente cantora e intérprete. Transfere sua alma para a música (ou seria ‘a boca da alma cantando’?). Mostra também uma pessoa que pouco conhecíamos… que se solta, samba, brinca, faz caras e bocas e com muita alegria nos diverte durante o ‘espetáculo’. Tempos depois, descubro que novamente estaria em São Paulo, só que desta vez para o encerramento da turnê tão prestigiada por todo o Brasil. Sem nem pensar, corro logo garantir meu ingresso. E é como se ela jogasse pó de pirlimpimpim e nos transportasse para algum lugar mágico (de onde nunca mais gostaria de sair). Saio embasbacada e com a certeza de ter sido o melhor show que já havia visto ao longo da minha vida e que, naquele momento, sua Arte finalmente era compreendida por mim em sua totalidade.

Como boa virginiana que sou (virginianos são sempre bons!! Tsc tsc!!) gosto da inovação, da renovação, da reinvenção.  E ela, só ela, consegue se superar sempre. Quando você acha que já viu o melhor, ela se reinventa e consegue sempre surpreender, inclusive retrocendendo para continuar a trajetória. Alguns meses depois, e após 3 segundas-feiras seguidas (as mais felizes da minha vida) tenho a certeza disso tudo. Vejo nela pequenas coisas que me fazem admirá-la cada dia mais (muito mais!). Como já disse, ver o brilho no olhar e o sorriso no rosto que é percebido até em sua voz, me comove profundamente e ao mesmo tempo me mostra alegria, sinceridade e verdade naquilo que está fazendo. Percebo que estranho seria não se apaixonar por tudo aquilo. Sinto algo que me toma a alma! Muito gostaria de entender, e tentar explicar, mas é tudo muito indescritível. Apenas sinto! (Talvez seja melhor assim, pois as palavras não dariam conta do recado!)

Hoje posso dizer feliz que sou FÃ da Maria Rita, admiradora de sua Arte, e tenho a possibilidade de acompanhá-la e de se fazer conhecer toda essa minha admiração, carinho e gratidão por esta cantora. Agradeço, a quem quer que seja, por tê-la colocado no meu caminho, por me trazer novas e sinceras amizades e ainda mais felicidade e alegria à minha vida!

O meu mais sincero muito obrigada! (Embora isso ainda seja muito pouco… pois fica sempre a sensação de dívida, tamanha a alegria que ela me traz).

Peço licença para finalizar com um trecho de uma canção de Lulu Santos: “Ela me faz tão bem, que eu também quero fazer isso por ela.”

Jéssica Rodrigues, 23 anos.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: